quarta-feira, 28 de dezembro de 2011


Encerramento das Atividades de 2011



No ultimo dia 21 de dezembro, o grupo cultural os Timbiras encerrou suas atividades culturais com uma brilhante apresentação  do grupo de flauta doce na praça da  caixa d’ água, onde anteriormente o grupo montou uma árvore de natal ornamentada com adereços  confeccionados com garrafas peti.        



A ação de natal dos Timbiras teve inicio com a oficina para confecção dos adereços natalinos, que durou um mês   e teve participação da comunidade. A ação se estendeu ainda, em uma montagem de um repertorio natalino do grupo de flauta doce, que resultou na gravação de um EP, já divulgado em uma postagem anterior. Culminando nesta ação do dia 21.




 
A ação denominada “natal dos Timbiras”, já é uma festa tradicional na comunidade. Pois é realizada desde 2008, e sempre conta com a participação dos membros e de grande parte da comunidade.













 

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Lançamento do EP do Grupo de Flauta Doce dos Timbiras


Hoje o Grupo de Flauta Doce dos Timbiras fará o lançamento do seu primeiro EP com apresentação ao  vivo na Praça do Bairro da Caixa d'água, ainda vai rolar um slide com fotos dos  projetos e ações realizados na comunidade, dentro desta programação o Cine Cultura Timbiras exibirá curtas infantis e o filme "O Natal do Burrinho".
Será uma linda noite de cultura e entretenimento para toda a comunidade.



quinta-feira, 15 de dezembro de 2011


O Grupo Cultural os Timbiras orgulhosamente apresenta o primeiro EP do grupo de flauta doce dos Timbiras, após três anos formando crianças e adolescentes nas oficinas de flauta doce e a dois anos pelo ponto de Cultura Fábrica de Cultua Popular. Como resultado um belo trabalho dos alunos Angelo, Andréia, Leidiane, Miles, Edilene e Larissa e contou com a participação de Nazo Glins, Messias Lima e Bruno Aleixo, tendo na produção executiva Walmeire Melo, presidente dos Timbiras.

   Clique na imagem para baixar o EP




segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Cine Cultura Timbiras



 Sinópse
Meteorango Kid, de André Luis Oliveira, é um clássico absoluto do cinema underground brasileiro, com trilha sonora dos Novos Baianos e intervenções sonoras mais do que bem vindas de Gil e Caetano, apresenta a trajetória desenfreada do protagonista Lula por uma Salvador ainda mais provinciana e tediosa. Interpretado magistralmente por Antonio Luiz Martins, Lula vive num universo extremamente particular, onde fantasia e realidade se confundem. O filme tem uma ação descontínua, num emaranhado de situações escatológicas e ao mesmo tempo irônicas em seqüências que parodiam o cinema comercial americano. Os personagens que acompanham esse herói intergaláctico são igualmente provocadores, como o homem vampiro que surge isoladamente em sua busca cômica por pescoços femininos nas vielas soteropolitanas e o amigo Caveira e sua “aula” de enrolar baseado. Teatro marginal, cinema de vanguarda, nouvelle vague, HQ, neo-realismo, tropicalismo, tudo condensado em 85 minutos de um caleidoscópio psicodélico e contestador.

Grupo de Flauta dos Timbiras estréia o repertório natalino 2011.

No último dia 12 de Dezembro de 2011 o grupo de flauta dos Timbiras estreou repertório natalino nos distritos de Tauarí e Mirasselvas durante o encerramento das atividades do PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil).
Abaixo confira as fotos dos melhores momentos das festa:













quarta-feira, 23 de novembro de 2011

NESTA QUINTA O CINE CULTURA TIMBIRAS 
APRESENTA:
VIOLÊNCIA URBANA
A violência cotidiana, uma das maiores mazelasda sociedade brasileira, não podia ficar
fora da mira dos nossos cineastas. Eessa seleção de seis curtas-metragens sobre
o tema mostra que ela está presentetanto nos grandes centros ? caso dos cariocas
Rota de colisão (Roberval Duarte) eBala perdida (Victor Lopes), e dos paulistas
O trabalho dos homens (Fernando Bonassi)e Balaio (Luiz Montes) ? como em
outras regiões do país, exemplificadas porJoão Pessoa (O cão sedento, de Bruno de
Sales) e Cuiabá (Baseado em fatos reais,de Bruno Bini).

  
Crítica

BANG-BANG NAS METRÓPOLES BRASILEIRAS
João Carlos Sampaio

Histórias que transportam para a ficção as ocorrências policiais dos grandes centros urbanos do país inspiram os seis curtas-metragens desta seleção, que reúne obras rodadas entre 1998 e 2005.

Dois atiradores de elite se posicionam no terraço de um prédio em São Paulo, aguardando a ordem para executar um seqüestrador. Enquanto esperam o momento de agir, conversas sobre comida e amenidades cotidianas povoam os diálogos de O trabalho dos homens (1998), de Fernando Bonassi. Ele trabalha o acessório como principal, tanto que a violenta ação em curso é vista à distância, numa inversão interessante do foco narrativo.

O curta carioca Rota de colisão (1999) trata do roubo de pedras preciosas, a partir do envolvimento de três personagens. Um operário em sua hora de folga, um garoto aficionado por jogo de gudes e um ladrão em fuga vão se encontrar na trama criada por Roberval Duarte. Ele filma em preto e branco, experimentando texturas. Com uma dramaturgia ultra-realista, não usa diálogos e brinca com as muitas variáveis para a solução da história.

Inspirado em conto do escritor Marçal Aquino, Balaio (2004) apresenta um tenso encontro no bar, que envolve matadores, bandidos e policiais. A ambientação lembra os filmes de faroeste, só que a terra-sem-lei dessa fita é o subúrbio paulistano, em pleno século 21. O diretor Luiz Montes divide a tela em vários quadros para sublinhar as ações simultâneas. O recurso aumenta a tensão da montagem e dá ênfase aos mínimos gestos dos personagens.
Uma locução radiofônica abre a narrativa de O cão sedento, curta paraibano assinado por Bruno de Sales, sobre um assassino em série, que rouba e mata sem deixar vestígios. Trabalha com elementos de suspense, revelando apenas ao espectador os subterfúgios do criminoso, enquanto a polícia e os outros personagens mostrados na trama continuam em busca de respostas. Destaque para o uso de intervenções gráficas, com desenhos que imitam histórias em quadrinhos.

Um exercício de montagem interliga os acontecimentos paralelos de Bala perdida (2004), cuja intersecção mais marcante se dá com a presença sonora de estampidos de tiros e de uma buzina de carro. A ação mostra a tranqüilidade numa praça carioca interrompida por disparos capazes de atingir alvos inocentes. A direção é de Victor Lopes, que levanta o tema sobre a crescente sensação de insegurança nas metrópoles.

Sexo, drogas, rock?n?roll e carros em velocidade preenchem o universo adolescente de Baseado em fatos reais (2001), curta matogrossense dirigido por Bruno Bini, que fecha este painel sobre a violência urbana. A fita recorre a clichês das tramas policiais para contar a história de três rapazes de classe média, cujas vidas são alteradas depois de uma noite de excessos. O filme discute a natureza moral do crime, dando à luz reflexões morais e uma crítica social à impunidade.

*João Carlos Sampaio, 37 anos é jornalista e crítico de cinema. Escreve para veículos impressos e atua também como comentarista em programas de rádio e TV.7
 
 

Filmes do ProgramaViolência Urbana

 

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Nesta sexta, o Cine Cultura Timbiras apresenta:

Sinopse

O jovem D’Artagnan se une a três destemidos mosqueteiros nessa nova versão da clássica história de Alexandre Dumas. Entre lutas de espadas e perseguições alucinantes, eles precisam deter os avanços do vilão Richileu e proteger a bela Milady. Prepare-se para embarcar nas mais eletrizantes aventuras já realizadas em 3D.

Curiosidades

 

 


- Este é o terceiro filme em que o diretor Paul W. S. Anderson e a atriz Milla Jovovich - com quem é casado - trabalham juntos. Os anteriores foram Resident Evil - O Hóspede Maldito e Resident Evil 4: Recomeço 
  

Elenco


  • Milla Jovovich
  • Logan Lerman
  • Matthew Macfadyen
  • Mads Mikkelsen
  • Christoph Waltz
  • Orlando Bloom
  • Ray Stevenson
  • Luke Evans
  • Juno Temple
  • James Corden.

Trailer

- Crítica: Os Três Mosqueteiros

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Cine Cultura Timbiras

Semana Passada não pudemos realizar a exibiçãodo Cine, pois estávamos na correria do aniversário de nossa querida Capanema, o Grupo estava organizando a 6ª corrida da Barão, mas esta semana estamos retomando as atividades do Cine Cultura Timbiras.


Sinópse

Anos 60. Charles Xavier (James McAvoy) é formado em teologia e filosofia e realiza um trabalho de pós-graduação junto às Nações Unidas. Na univesidade de Oxford ele conhece Erik Lehnsherr (Michael Fassbender), filho de judeus que foram assassinados pelos nazistas durante a 2ª Guerra Mundial. Erik apenas escapou graças ao seu poder mutante de controlar metais, que permitiu que fugisse para a França. Ao término da guerra, Erik passou a trabalhar como intérprete para a inteligência britânica, ajudando judeus a irem para um país recém fundado, hoje chamado Israel. Charles e Erik logo se tornam bons amigos, mantendo um respeito mútuo pela inteligência e ideais do outro. Em 1965, Charles decide usar seus poderes psíquicos para ensinar jovens alunos mutantes a usarem seus dons para fins pacíficos. Nasce a Escola para Jovens Superdotados, gerenciada pelos dois amigos.

Trailer



terça-feira, 8 de novembro de 2011

6ª corrida da Barão



Sábado dia 05 de Novembro o Grupo Cultural Os timbiras comemoraram os 101 anos de Capanema-PA com a já tradicional Corrida da Barão, foi a 6ª ediçao da corrida e teve uma grande a novidade este ano, foi o primeiro "Mountain Bike".


Participaram atletas de vários municípios do Estado, Belém, Castanhal, Santa Maria, Santa Luzia, Peixe-Boi, Bragança, Capitão Poço e claro de Capanema, o evento foi um sucesso, a organização agradece a todos os atletas  que participaram da iniciativa e pede as mais profundas e sinceras dessculpas pela lamentável atitude do gestor municipal que impediu a passagem dos atletas pela Avenida Barão de Capanema no trecho onde estava montado o palco para os shows que aconteceriam na mesma noite.
veja qual foi o resultado das modalidades.
 
Corrida da Barão Adulto masculino:

1º lugar: Sebastião de Oliveira Silva - Capanema
2º lugar: Pedro Paixão do Nascimento - Capanema
3º lugar: Francisco de Assis Teles da Piedade - Capitão Poço
4º lugar: Renato Teixeira Alves  - Belém
5º lugar: Manoel Marcos
 
Corrida da Barão Adulto Feminino:
 
1º lugar: Edna Maria de Oliveira Silva - Capanema
2º lugar: Maria Rogeria da C. Silva - Castanhal
3º lugar: Maria de Lurdes Ribeiro da Silva - Capanema
4º lugar: Maria Raimunda de Lima Nascimento - Santa Luzia
5º lugar: Maria de Nazaré Lima Nascimento - Santa Luzia
 
 Campeões da Mountain Bike
 

Veja mais fotos do evento:






quinta-feira, 27 de outubro de 2011

HOJE O CINE CULTURA TIMBIRAS APRESENTA:
MEMÓRIAS DA BOCA DO LIXO
A ?Boca do Lixo? é uma região do centro de São Paulo tradicionalmente marcada pela prostituição, a criminalidade. Durante o final da década de 1960, vários pequenos produtores transferiram suas empresas para a região, que ao longo da década de 1970, transformou-se num dos maiores pólos de produção de filmes comerciais da história do cinema brasileiro. Comédias eróticas, filmes policiais, fitas de terror e até memso westerns estão entre os gêneros explorados pelos diretores e produtores da "Boca". Responsável por muitos dos maiores sucessos de bilheteria do cinema brasileiro entre o final dos anos 60 até a "era Collor", o cinema popular produziu na "Boca do Lixo" começou a perder fôlego no início dos anos 80, quando o mercado brasileiro foi invadido pelos filmes americanos de sexo explícito. A pá de cal no cinema da "Boca" veio com a extinção, nos anos 90, dos mecanismos que fiscalizavam a obrigatoriedade de exibição do filme brasileiro no mercado nacional.

AS 19:OO Hs
NO CANTO DO CURUPIRA NA AV. BARÃO DE CAPANEMA
BAIRRO DA CAIXA D'ÁGUA
ENTRADA FRANCA
CLASIFICAÇÃO 16 ANOS

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Marcelo Zona Sul

Sinopse

Rebelde sem causa, Marcelo é um jovem de dezesseis anos, terrivelmente inquieto, que não leva nada a sério. Nas salas de aula, perde-se em conversa fiada, flertes desinteressados e pouca atenção ao estudo. Filho de um funcionário público, metódico e moralista, Marcelo transformase em verdadeiro inferno para a família. Com um companheiro da sua idade, ele se lança à paquera das coleguinhas e outras garotas. Depois de algumas aventuras, o pai ameaça fazê-lo trabalhar. Marcelo e seu amigo fogem de casa, rumo a São Paulo. Durante a viagem, resolvem voltar para seus lares.

Elenco

Stepan Nercessian
Françoise Forton
Lula
Simone Malagutti
Francisco Dantas
Carlos Rodrigues
Ana Maria Marques
Neila Tavares
Antônio Vitor
Ângela Pires
Denoy de Oliveira
Lia Renée
Odete Lemos
Pichim-Plá
Dilo Gonzaga
Maria Teresa Barroso
Dilmo Elias
Irene Moura
Victória Régia

Ficha Técnica

 Título original: Marcelo Zona Sul
Gênero: Aventura
Duração: 98 min.
Lançamento (Brasil): 1970
Distribuição: Ipanema Filmes
Direção: Xavier de Oliveira
Assistente de direção: Mendel Rabinovich
Roteiro: Xavier de Oliveira
Gerente de produção: Carlos Frederico
Assistente de produção: Lenine Otoni
Co-produção: Lestepe Produções Cinematográficas; Música: Geny Marcondes
Som: Onélio Mota
Fotografia: Edson Batista
Desenho de produção: Alexandre Horvath
Edição: Manoel Oliveira
Canção: Denoy de Oliveira